Índia: Treino de Busca e Salvamento

Índia: Treino de Busca e Salvamento

 

A Equipa de Busca e Salvamento (SART) da Índia organizou uma formação de reciclagem para os seus membros em setembro de 2018. Antes desta formação, a equipa tinha examinado e treinado internamente nove novos membros da SART. A formação de reciclagem foi conduzida pela Equipa Internacional de Busca e Salvamento do Reino Unido (UKISAR). Teve a duração de cinco dias, de 26 a 30 de setembro, em Gandhinagar, no Gujarat.

 

Eteshan Daudani, um membro da SART, disse: «Estou na equipa SART da AKAH Índia desde 2016. Sempre que chegamos para uma formação, os professores trazem novas experiências. Desta vez, aprendemos uma técnica de salvamento na água que foi muito mais fácil e mais eficiente usando o novo barco insuflável da AKAH». Alnoor Gadiya, outro membro da SART que participou na formação, observou: «Até agora não tinha tido oportunidade de usar todo o equipamento, especialmente as ferramentas elétricas para demolir edifícios. Agora os formadores deramnos a hipótese de praticar com cada ferramenta e explicaram técnicas como o uso adequado do sistema de roldanas».

 

No último dia, Eteshan, Alnoor e os outros membros da SART foram testados nos seus conhecimentos numa simulação de um exercício de salvamento em catástrofe levado a cabo num conjunto de edifícios parcialmente demolidos para simular uma situação de terramoto. Praticaram tudo, desde buscas e salvamentos reais até coordenação de sistemas de resposta. «Os formadores ficaram surpresos e satisfeitos com a forma como coordenámos as atividades de busca e salvamento», disse Alnoor.

 

A Equipa de Busca e Salvamento da Agência Aga Khan para o Habitat da Índia é composta por voluntários. Estes jovens colocam as suas vidas em risco durante as catástrofes para darem assistência especializada às comunidades afetadas e às agências de busca e salvamento. São treinados para lidar com calamidades como terramotos, inundações e incêndios. A FOCUS financia a sua formação e equipamento, e garante que mantêm a prontidão para responder a catástrofes, caso ocorram.